PCH com equipamentos Hidroenergia inicia operação em Minas GeraisHidroenergia Engenharia e Automação

Topo

+55 55 3331-1201

atendimento@hidroenergia.com.br


PCH com equipamentos Hidroenergia inicia operação em Minas Gerais

Postado em: 1 de agosto de 2018

Imagem dos geradores na casa de máquinas da PCH Senhora do Porto. PCH com equipamentos Hidronergia

A Pequena Central Hidrelétrica Senhora do Porto é a primeira de quatro hidrelétricas da CEMIG. A PCH com equipamentos Hidroenergia possui potência instalada de 12MW.

A Companhia Energética de Minas Gerais (CEMIG) está investindo na construção de quatro Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs) que formam o Complexo Guanhães Energia e somadas possuem potência instalada de 44MW. A PCH com equipamentos Hidroenergia 

No dia 08 de julho de 2018 foi inaugurada a primeira delas – PCH Senhora do Porto – que conta com duas unidades geradoras (conjunto de turbina e gerador). Uma destas unidades entrou em operação na inauguração e a outra pouco tempo depois, completando a potência de 12MW.

Três outras usinas formam o complexo, chamado Complexo Guanhães. São elas: PCH Dores de Guanhães com potência de 14MW, PCH Jacaré com potência de 9MW e PCH Fortuna II com 9MW de potência instalada.

Todos os equipamentos de geração de energia como turbinas e geradores e a automação das usinas foram produzidos e instalados pela Hidroenergia.

A CEMIG é a maior empresa do setor de energia elétrica da América Latina e, de acordo com a empresa, a energia gerada no Complexo Guanhães será suficiente para abastecer cerca de 135 mil residências.

O Canal Energia, site especializado do setor, destacou que a PCH Senhora do Porto foi o primeiro empreendimento da distribuidora CEMIG no estado de Minas Gerais a entrar em funcionamento desde 2010. Para o Canal Energia o presidente da concessionária, Bernardo Alvarenga, afirmou que a PCH representou a retomada dos investimentos da Companhia no estado:

“A usina vai gerar energia a partir de uma matriz renovável e sustentável – a água – e, com isso, vai colaborar para que seja evitado o acionamento de usinas térmicas, cuja geração é mais cara. Isso vai trazer economia aos consumidores”, destacou Alvarenga.

Mais informações sobre a PCH Senhora do Porto você pode encontrar na matéria do site através deste link.

Deixe o seu comentário: