Mulheres na Indústria: A trajetória feminina na HidroenergiaHidroenergia Engenharia e Automação

Topo

+55 55 3331-1201

atendimento@hidroenergia.com.br


Mulheres na Indústria: A trajetória feminina na Hidroenergia

Postado em: 8 de março de 2021

Para homenagear as mulheres que fazem a história da empresa, contamos um pouco do trabalho de algumas de nossas funcionárias. Num ramo ainda dominado pelos homens, aos poucos elas ganham espaço e fazem a diferença.

Um dia normal de trabalho para Mara Winkelmann, 41 anos, inclui ferro, cobre, máquinas pesadas e trabalho duro. Há 2 anos e meio ela atua na Hidroenergia. “Gosto do que faço. Me identifico, eu gosto da metalurgia”, fala Mara, escondida atrás de um grande gerador no chão de fábrica. Ela diz que já buscou outras áreas, foi para o ramo da saúde, mas não se adaptou. Segundo ela: “O ferro você sempre pode consertar”.

“Gosto do que faço. Me identifico, eu gosto da metalurgia”.

Mara Winkelmann, funcionária da Hidroenergia há quase três anos.

Já do outro lado do pavilhão, atrás de um microscópio, Monisa Mazzurana, 19 anos, analisa cuidadosamente uma placa para realizar a montagem dos componentes eletrônicos. A Técnica em Eletrotécnica e estudante de Engenharia Elétrica iniciou sua carreira profissional na Hidroenergia. Fez o estágio do curso técnico por 6 meses e agora já completa quase dois anos de empresa.

Na sua rotina, além das placas usadas nos quadros de automação de pequenas e grandes usinas hidrelétricas, está o conserto de cabos e o cadastro de produtos. Apesar de ingressar no ramo de eletrotécnica sem saber exatamente do que se tratava, ela diz que foi conhecendo e gostando: “No início foi diferente, mas depois foi ficando leve, normal…”, comenta ela.

Monisa Mazzurana monta placas eletrônicas.

Não muito longe dali, na sala ao lado, Jéssica Pereira, 22 anos, faz o controle de um dos almoxarifados da Hidroenergia. “No início foi tudo novo, material eletrônico e elétrico, mas aos poucos a gente vai aprendendo e conhecendo”. Há 3 anos ela auxilia no controle de entrega e recebimento de materiais e é responsável pela distribuição correta deles para as obras.

“O trabalho da Jéssica é muito importante. Auxiliou muito na organização do setor, principalmente no controle”. Quem fez a observação foi a colega Marjane da Silva, 27 anos.

Jéssica Pereira, Controladora de Almoxarifado, atua na empresa há 3 anos.

Marjane é Técnica em Eletrotécnica e Engenheira Eletricista. Sua trajetória profissional iniciou na Hidroenergia há 8 anos. Começou na montagem eletrônica e depois passou para o setor de engenharia elétrica. Hoje ela se dedica na organização da montagem da automação, quadros eletrônicos, orçamentos, projetos de automação da engenharia elétrica e organização de escopo do que oferecer para cada obra. “Foi surpreendente a escolha por essa área. Não tinha ideia de como seria. Desde o início, nas turmas, sempre convivi mais com homens do que mulheres, tanto no técnico, quanto na faculdade. Eles tratam com respeito e ajudam na parte pesada. De igual para igual”, destacou ela.

Marjane da Silva iniciou como estagiária há 8 anos e hoje é Projetista.

Poderíamos escrever longas páginas sobre a história de todas as mulheres que compõem a Hidroenergia. Temos Analistas de Recursos Humanos, Analista Fiscal, Analista de Marketing, Contadoras, Auxiliar de Contabilidade, Auxiliar de Serviços Gerais, Auxiliar de Almoxarifado, Secretária Executiva, Auxiliar de PCP (Planejamento e Controle de Produção), Estagiária de Engenharia Civil, Montadora de Equipamentos Elétricos…  A lista é grande, do tamanho do nosso agradecimento.

Feliz Dia Internacional da Mulher!

#mulherhidroenergia

Deixe o seu comentário: