Como investir em geração de energia na minha empresa? | Hidroenergia Engenharia e Automação

Topo

+55 55 3331-1201

atendimento@hidroenergia.com.br


Como investir em geração de energia na minha empresa?

Postado em: 5 de Março de 2018

como investir em geração de energia

Apesar do alto investimento, a redução de custo a longo prazo é uma das principais vantagens de investir em geração de energia

 

A Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL estima que em oito anos mais de um milhão de pessoas vão investir na geração de energia. Entre as principais vantagens de se investir na geração de energia está a redução da conta de luz e a diminuição do impacto ambiental, já que são fontes de energia renováveis.

Segundo dados da própria ANEEL, o investimento feito na geração de energia pode retornar entre sete e oito anos, dependendo de vários fatores. Além disso, outra grande vantagem é que ao gerar a própria energia o consumidor está comprando um “estoque” de energia antecipado para mais de 20 anos, ou seja, não precisa mais se preocupar se a conta de luz vai aumentar durante este período.

Uma tendência que gera economia

A boa notícia é que essa ideia vem se espalhando. Consequentemente, o aumento da procura por esse tipo de investimento vai fazer com que o custo de instalação dessas formas de geração de energia diminua. A famosa lei da oferta e da procura.

Além disso, há uma expectativa de incentivo por parte do governo para promover a adoção desse tipo de investimento, já que ela pode evitar o colapso no sistema energético do país. Questões tributárias, financiamentos e parcerias podem ajudar a espalhar essa ideia e fazer com que aumente o número de pessoas que irão investir na geração de energia nos próximos anos.

 

Como funciona na prática?

A forma de retorno é simples: após instalar o sistema de geração de energia particular, o consumidor (pessoa física ou jurídica), pode compartilhar a sua produção com as grandes distribuidoras de energia, por meio do Sistema de Compensação de Energia. Com isso, a sua casa ou empresa pode produzir para o consumo próprio e o que não for utilizado pode ser repassado para a distribuidora. Esse repasse retorna em forma de crédito, que será abatido nas próximas contas do gerador de energia. Vale lembrar que tudo isso é regulamentado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL).

 

Quais são as formas de geração de energia própria?

No Brasil, os painéis fotovoltaicos correspondem a 90% dessa geração, mas você sabia que existem outras formas de gerar a própria energia? Já ouviu falar em PCHs e CGHs? Você sabe o que é? Apresentaremos para você essas duas formas de geração de energia. Um investimento que pode fazer a diferença na redução de custos da sua empresa e colocá-lo à frente da concorrência. Conheça um pouco mais sobre cada uma e sabia como investir na geração de energia.

 

Investir na geração de energia: O que são PCHs?

 

A sigla PCH significa “Pequenas Centrais Hidrelétricas”. Elas nada mais são do que usinas hidrelétricas de tamanho menor e de potência um pouco mais baixa. As PCHs correspondem a geração de 5 a 30 megawatts (MW), numa área de reservatório de 13km². As PCHs mostram-se como solução mais rápida, econômica e ambientalmente mais adequada à realidade do país e podem contar com mais chances de viabilização junto aos órgãos governamentais.

Apesar de carregar o “Pequenas” em seu nome, as PCHs correspondem hoje a 3,5% do sistema interligado nacional e isso só tende a aumentar. As PCHs ocupam no Brasil o terceiro lugar nas fontes de energia, considerando a potência já instalada, gerando cerca de 4.100 MW. O primeiro lugar é ocupado pelas Usinas Hidrelétricas com 78,980 MW e em segundo lugar as termelétricas com 32.418 MW.

Veja agora as principais características das Pequenas Centrais Hidrelétricas:

 

Principais Características das PCHs

 

  • Os impactos ambientais são menores do que em grandes usinas;
  • O prazo de instalação ocorre em no máximo 24 meses;
  • É possível se credenciar no Programa de Incentivo às Fontes Alternativas de Energia Elétrica, basta atender às condições exigidas pelo governo;
  • O BNDES dá prioridade aos empreendimentos de PCHs, o que facilita a obtenção de financiamento junto à Instituição;
  • Não há cobrança de royalties pelo governo para a geração de energia própria pelo uso dos recursos hídricos;
  • Não há processo de licitação e consequentemente não há cobrança pelo uso do bem público;
  • Há desconto de 50% que incide na produção e também no consumo da energia comercializada pela PCH no pagamento pelo uso dos sistemas de transmissão e distribuição;
  • As PCHs têm baixos impactos ambientais, já que estão distribuídas em diversas usinas pelo país.

Entre as vantagens em investir em uma PCH está a melhor qualidade da energia elétrica onde a central é instalada e o consequente aumento na confiabilidade do fornecimento. Além disso, é considerada uma energia limpa, pois gera energia a partir de recursos naturais e renováveis.

 

Investir na geração de energia: O que são as CGHs? 

As Centrais Geradoras Hidrelétricas (CGHs) podem ser consideradas como as “irmãs mais novas” das PCHs. Sendo da mesma família, elas também geram energia por meio de hidrelétricas. No entanto, as CGHs são ainda menores, tanto analisando pelo tamanho, quanto na capacidade de potência. Segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica, as Centrais Geradoras Hidrelétricas podem gerar até 5 MW de energia (as PCHs vão de 5 a 30 MW). Atualmente, o Brasil conta com 554 unidades de CGHs instaladas, representando cerca de 0,2% da matriz energética do país.

 

Principais Características das CGHs

O processo burocrático bem mais simples junto à ANEEL é a principal característica das CGHs

  • Outra característica é o pequeno alagamento da área
  • As CGHs exigem investimentos menores do que as outras alternativas de geração de energia
  • O impacto ambiental é menor
  • Traz benefícios socioambientais

 

Investir em geração de energia é uma tendência que cresce a cada ano e que fará a diferença na economia para o consumidor, seja na sua empresa ou na sua residência. Além disso, os benefícios para a sociedade são imensos, tanto econômicos, quanto ambientais, pois ela pode evitar o colapso no sistema de geração de energia do país.

Ficou interessado? Quer saber como a sua empresa pode investir em geração de energia? Conheça o trabalho da Hidroenergia. A empresa fornece equipamentos tecnologicamente apropriados e soluções completas para a exploração consciente destes recursos. Fale conosco e veja como investir em geração de energia na sua empresa de forma adequada e segura.

Deixe o seu comentário: